Harry Potter e o Turismo

Plataforma 9 3/4 em King’s Cross, Londres.

Os livros da série britânica “Harry Potter” quase sempre começavam a história no dia 30 de julho, véspera do aniversário do protagonista.

Dezesseis anos depois do lançamento do primeiro livro, as atrações turísticas ligadas ao universo apresentado nas páginas e nos filmes continuam atraindo muita gente.

Na estação King’s Cross, em Londres, foram instalados uma placa e um carrinho fazendo referência à Plataforma 9 ¾, utilizada pelos estudantes de bruxaria para chegarem ao trem que os levaria à escola de Hogwarts.

Também existe o passeio guiado pelo London Walks, que mostra aos turistas as locações dos filmes pela cidade.

Ainda no Reino Unido há o Warner Bros. Studio Tour London – The Making of Harry Potter, na cidade de Watford, a 27km de Londres.

Do outro lado do Oceano também tem Harry Potter – o parque temático O Mundo Mágico de Harry Potter, na Flórida, reproduz Hogwarts e Hogsmeade e prevê a inauguração da réplica do Beco Diagonal para 2014.

Planeje seus passeios com antecedência e não esqueça de fazer seu Seguro Viagem aqui para aproveitar com tranquilidade o clima de magia de todas essas atrações.

Turismo no Vaticano

24-Spiral-Stairs-Vatikaani-museot-1920x2560

Escadaria em espiral de Giuseppe Mormo (1930).

O Vaticano é uma cidade-Estado dentro de Roma, separada da capital italiana por muros.
A sede da igreja católica não se resume a espiritualidade, é também um ótimo ponto turístico para apreciadores de arquitetura e artes.

Basílica de São Pedro
É a maior igreja do cristianismo e abriga obras de grandes nomes das Artes, como Michelangelo e Rafael.

Capela Sistina
Nos afrescos da Capela Sistina podem ser conferidos os traços de grandes nomes do Renascimento Italiano, como Bernini e Botticelli, mas a obra mais impactante é “A Criação de Adão”, de Michelangelo – milhares de turistas visitam a capela para fixar seus olhos no teto e na imagem dos desdos de Deus e de Adão quase se tocando.

Museus Vaticanos
Na cidade-Estado há um conglomerado de museus composto pelos seguintes: Pio-Clementino, Chiaramonti, Gregoriano Etrusco, Gregoriano Egípcio, Gregoriano Profano, Missionário-Etnológico e a Pinacoteca Vaticana, além de outras salas, galerias e igrejas.

Para maiores informações sobre os museus, acesse: www.museivaticani.va

Seguro Viagem
Por estar dentro de território romano, para acessar o Vaticano é necessário ter um Seguro Viagem com cobertura mínima de 30 mil Euros em Assistência Médica. Encontre o melhor plano aqui: www.seguroviagem.srv.br

 

Lugares Inusitados para ver na Europa

Algumas pessoas amam viajar, mas preferem escapar do eixo turístico tradicional ou, mesmo nestas cidades, conhecer lugares alternativos. O post de hoje lista cinco lugares inusitados para ver na Europa, entre tantas opções incríveis:

1. Floresta Negra, Alemanha
A Floresta Negra, no sudoeste da Alemanha, é bem conhecida pela relojoaria – tem até uma rota turística conhecida como “Rota dos Relógios” – mas além disso e das belezas naturais, guarda também as ruínas do Mosteiro de Oppenau e da Abadia de Hirsau.

blackflorest

Ruínas da Abadia de Hirsau – Foto do Metamosfose Digital

2. Pripyat, Ucrânia
Localizada no norte do país, Pripyat foi construída em 1970 para abrigar os trabalhadores usina de Chernobyl, mas não é habitada desde o acidente nuclear em 1986. É possível realizar excursões para a região.

pripyat

Dentro da Cidade Fantasma de Pripyat – Foto do Metamosfose Digital

3. Caminho de Kerry, Irlanda
Esta trilha de 214km é considerada a mais longa da Irlanda e guarda belas surpresas para os aventureiros que caminham por ela.

kerry

Ruína no Caminho de Kerry – Foto do Metamorfose Digital

4. Craco, Itália
A antiga vila de Craco, no sul da Itália, foi evacuada em 1963 devido a deslizamentos de terra que comprometeram sua estrutura. Desde então, a cidade fantasma foi locação de diversos filmes e tornou-se atração turística.

craco

Vista aérea de Craco – Foto de El Greco’s no Photobucket

5. Túnel do Amor, Ucrânia
Com uma paisagem bem distinta da desolação de Pripyat, o Túnel do Amor é um túnel ferroviário com paredes de plantas, próximo à Klevan, na Ucrânia.

Túnel do Amor – Foto de Vitalii Sak no Panoramio

Quer sugerir algum ponto ou saber se em seu país de destino tem algum desses lugares tão diferentes? Deixe um comentário.

Está organizando sua viagem para a Europa? Não esqueça de contratar seu seguro com cobertura para o Tratado de Schengen no www.seguroviagem.srv.br

Fonte: Bored Panda, Wikipedia.

Café da Manhã Típico – Marrocos

09-marrocos

O café da manhã do Marrocos é uma refeição bem variada. As bebidas mais comuns são o suco de laranja fresco e o café.

Há uma variedade de pães – o mais consumido no país é o batbout, um pão redondo e chato, semelhante ao que conhecemos como pão sírio, a msemmen, uma panqueca fina e retangular, e também a baghir, que é uma panqueca esponjosa, mais grossa, feita de sêmola.

Os acompanhamentos são manteiga, queijo, geleia de frutas, chutney e até azeite de oliva e pequenas porções de azeitonas variadas.

Ao viajar para o Marrocos lembre-se de contratar um Seguro Viagem adequado – se for passar pelos países europeus da costa do Mediterrâneo, por exemplo, é importante que seu plano atenda às exigências do Tratado de Schengen. Acesse: www.seguroviagem.srv.br/

Fontes: As Viajantes, Hostelbookers e Viajo Logo Existo.

Paris Romântica

02-Paris

Lembre-se! O Seguro Viagem é obrigatório para a entrada na França! Contrate o seu aqui!

Considerada uma das cidades mais românticas do mundo – se não a mais – Paris atrai corações apaixonados de todo o mundo para suas ruas centenárias. Listamos alguns passeios indispensáveis para quem quiser aproveitar a cidade com seu amor:

1. Visitar Pont des Arts
Na estrutura metálica da ponte há milhares de cadeados marcados com o nome de casais apaixonados e, durante os meses quentes, a ponte é cenário de diversos piqueniques.

2. Navegar à noite pelo rio Sena
É uma boa oportunidade para unir um passeio bem diferente à magia das luzes noturnas de Paris.

3. Andar de bicicleta a dois
Um passeio de bicicleta a dois já tende a ser romântico, nas antigas ruas parisienses, então, com direito a parar em um café aconchegante, é ainda melhor. É possível alugar bicicletas por um dia pelo sistema Vélib.

4. Conhecer os Jardins de Versalhes
Os desenhados jardins do Palácio de Versalhes ficam abertos no verão até às 20h30, e são uma paisagem de sonho.

5. Subir na Torre Eiffel
O grande ícone da cidade não pode ficar de fora. No verão, a torre fica aberta até a meia-noite e talvez poucas coisas sejam tão românticas quanto ver a noite chegar do alto da Torre.

Destinos de Inverno

Petrópolis

Catedral São Pedro de Alcântara, Petrópolis. Foto: Mapa de Cultura.

Julho está chegando e se você ainda não planejou sua viagem, este post é para ajudar com algumas ideias.

Serra Gaúcha
Os destinos de inverno mais tradicionais do Brasil ficam na região serrana do Rio Grande do Sul. Cidades como Gramado, CanelaCambará do Sul, Bento Gonçalves e Nova Petrópolis atraem os turistas nesta época. As cidades são bem próximas da capital, Porto Alegre – o que facilita para quem chega de avião vindo de outros estados e também para os moradores da região, que podem visitar as cidades nos finais de semana.

Serra da Mantiqueira
Localizada na divisa entre os estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, a Serra da Mantiqueira abriga outras cidades muito bem cotadas para quem gosta de aproveitar as baixas temperaturas, como Campos do JordãoSanto Antônio do PinhalMonte VerdePoços de CaldasVisconde de Mauá.

Argentina
Na Argentina também encontramos destinos de inverno bem conceituados, como Buenos Aires, Bariloche, Ushuaia, Mendonza e a região dos lagos andinos.

Outros
– Para aproveitar o frio

Blumenau, São Joaquim, Joinville e Urubici, em Santa Catarina
Lavras Novas, São Thomé das Letras e Gonçalves, em Minas
Petrópolis, Teresópolis, Penedo e Paraty, no Rio
São Bento do Sapucaí, São Francisco Xavier, Atibaia, Serra Negra, Cunha e Paranapiacaba, em São Paulo

- Para fugir do frio
A região serrana do Ceará é uma opção muito boa para quem não deseja se expor a temperaturas tão baixas – a cidade de Ubajara, procurada pelo Parque Nacional que leva seu nome e Guaramiranga, considerada a Suíça cearense, podem ser muito interessantes.
As viagens internacionais para o hemisfério norte também são beneficiadas neste período, com festivais acontecendo em diversos países, cruzeiros e a possibilidade de conhecer algumas das cidades mais importantes sem toneladas de neve.

CONTRATE SEU SEGURO!
Para saber mais sobre Seguro para Viagens nacionais, clique aqui.
Para viagens internacionais, veja aqui.

Taj Mahal – Conheça um dos lugares mais românticos do mundo!

taj-mahal-real

O Taj Mahal, na Índia, é considerado um dos lugares mais românticos do mundo.

Em clima de Dia dos Namorados, confira abaixo uma lista de curiosidades sobre ele.

1. O monumento foi erguido na primeira metade do século XVII por cerca de 20 mil homens. É considerado uma obra-prima da arte muçulmana.

2. Embora pareça um palácio, o Taj Mahal é um imenso mausoléu. Sua construção foi ordenada pelo imperador Mughal Shah Jahan em memória de sua esposa favorita, Aryumand Banu Begam - Mumtaz Mahal, “A joia do palácio” – e por isso ficou conhecido como uma enorme declaração de amor.

3. A construção às margens do rio Yamuna, um dos principais afluentes do rio Ganges,  é de mármore branco, decorada com pedras semipreciosas, fios de ouro e inscrições retiradas do Corão.

4. Em 1983 foi classificado pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade, e é o principal monumento de Agra, uma cidade da Índia a cerca de 200km ao sul da capital do país, Nova Délhi.

5. Em 2007 uma votação informal elegeu o Taj Mahal como uma das Novas Sete Maravilhas do Mundo Moderno.

6. Originalmente era cercado por jardins cheios de rosas, narcisos e árvores frutíferas mas, sob controle britânico, os jardins sofreram alterações para se aproximar do estilo londrino.

7. Há uma lenda sobre a construção de um mausoléu negro, idêntico ao Taj Mahal, mas na outra margem do Yamuna que – dizem – só não se concretizou pois o imperador foi deposto.

8. Outra lenda diz que no século XIX Lorde Bentinck, governador da Índia, pretendia demolir o mausoléu para vender o mármore, e isto apenas não aconteceu pois o britânico não conseguiu viabilizar financeiramente o projeto.

9. Existem diversos edifícios secundários no complexo do Taj Mahal, inclusive os túmulos das outras viúvas do imperador. Além disso, há também uma mesquita e por isso apenas fiéis muçulmanos podem ingressar às sextas-feiras.

10. Como não lembrar da música “Taj Mahal” de Jorge Ben Jor? E da réplica do mausoléu que aparece em “A Fantástica Fábrica de Chocolates” (2005)? Mas a principal coisa que devemos lembrar antes de sair para conhecer as maravilhas do mundo é o Seguro Viagem – faça sua cotação aqui!